Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Entrevista realizada com os arquitetos Héctor Vigliecca e Neli Shimizu, em 23 jul. 2018 em seu escritório em São Paulo, e complementada por Vigliecca em Recife, na Universidade Federal de Pernambuco em 04 out. 2018.

english
Interview with architects Héctor Vigliecca and Neli Shimizu, on July 23th 2018 in his office in São Paulo, and complemented by Vigliecca in Recife, at the Universidade Federal de Pernambuco on Oct 04 2018.

español
Entrevista a los arquitectos Héctor Vigliecca y Neli Shimizu, el 23 jul. 2018 en su oficina en São Paulo, y complementada por Vigliecca en Recife, en la Universidade Federal de Pernambuco el 4 de oct. 2018.

how to quote

MOREIRA, Fernando Diniz; ALMEIDA, Giselle Cristina Cantalice de. Infiltrando urbanidade: a produção de habitação social de Vigliecca & Associados. Entrevista com Héctor Vigliecca e Neli Shimizu. Entrevista, São Paulo, ano 20, n. 079.01, Vitruvius, jul. 2019 <https://agitprop.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/20.079/7400>.


Parque Novo Santo Amaro V, São Paulo, Vigliecca & Associados, 2009-2012
Foto Leonardo Finotti [Escritório Vigliecca & Associados]

A habitação social foi um dos grandes temas da arquitetura e do urbanismo do século 20 e o Brasil não se furtou a contribuir para este debate, produzindo conjuntos habitacionais de inestimável qualidade, particularmente entre 1930 e 1970. Entretanto, quando o país voltou a ter um programa federal de habitação social, na última década, os resultados foram frustantes. Apesar de ter-se alcançado números significativos de exemplares construídos ao longo de todo território nacional, as realizações do Programa Minha Casa Minha Vida foram alvo de duras críticas: a falta de relação com o tecido urbano, a localização distante dos grandes centros, ausência de infraestrutura adequada para os moradores, a monotonia arquitetônica e sua aplicação de maneira indistinta nas diversas regiões do país são alguns dos pontos destacados. Tal conjuntura provoca alguns questionamentos como: é possível fazer conjuntos integrados e relacionados à cidade, alocando-os em áreas com infraestrutura urbana? É possível desenvolver edifícios com qualidade arquitetônica, respeitando a leitura do entorno e atendendo a necessidade da população? É, ainda, viável construí-los com poucos recursos envolvendo políticas urbanas?

Arco do Futuro, região do rio Tietê, Vigliecca & Associados, 2013
Imagem divulgação [Escritório Vigliecca & Associados]

No âmbito de umas poucas iniciativas municipais e estaduais, alguns arquitetos brasileiros têm-se lançado neste desafio, acreditando que podem contribuir para o desenvolvimento de melhores conjuntos e aprimorar a relação entre habitação social e cidade. Entre estes destaca-se Héctor Vigliecca, o qual juntamente com sua equipe, já desenvolveu mais de trinta propostas de moradias coletivas – em modalidades de programas diversificados – buscando inseri-los dentro da cidade como alternativa ao modelo periférico. Seus conjuntos exploram as condições urbanas para criar mais possibilidades de integração com a cidade, buscando extrair o potencial da cidade informal. Alguns dos seus projetos tornaram-se referência como o conjunto habitacional Rio das Pedras/ Vila Mara nos anos 1990 e, mais recentemente, o Parque Novo Santo Amaro, e receberam atenção internacional por meio de premiações e exposições. Esta entrevista com Héctor Vigliecca e a associada Neli Shimizu, busca explorar o tema da habitação social na produção do escritório, do ponto de vista da sua prática no âmbito arquitetônico e urbanístico.

Morar Carioca, Rio de Janeiro, Vigliecca & Associados, 2011
Imagem divulgação [Escritório Vigliecca & Associados]

comments

079.01
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

079

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided