Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

newspaper

agenda cultural

A obra fez parte da exposição Histórias afro-atlânticas, realizada pelo MASP e pelo Instituto Tomie Ohtake em 2018, eleita uma das melhores mostras daquele ano pelo jornal norte-americano The New York Times

Okê Oxóssi (1970), de Abdias Nascimento (1914-2011), é a escolha da semana para o desafio MASP [desenhos] em casa. Tanto adultos quanto crianças podem participar: basta fazer a própria versão da pintura e publicar no Instagram marcando o @masp e utilizando a #maspdesenhosemcasa até as 23h59 de domingo, 6.9.

Na segunda, 7.9, o museu irá selecionar alguns desenhos na mesma rede social. Os autores receberão um Amigo MASP, que dá direito a frequentar o museu gratuitamente por um ano.

A obra fez parte da exposição Histórias afro-atlânticas, realizada pelo MASP e pelo Instituto Tomie Ohtake em 2018, eleita uma das melhores mostras daquele ano pelo jornal norte-americano The New York Times.

A pintura também será tema do Diálogos no acervo na quarta, 2.9, às 16h. O projeto semanal apresenta, por meio de encontros virtuais no Instagram, obras do acervo do museu abordando elementos como biografia do artista, contexto histórico e técnica. Participam desta edição Amanda Carneiro, curadora-assistente, e Tomás Toledo, curador-chefe do MASP.

Já na quinta, 3.9, Amanda Carneiro recebe a convidada Elisa Larkin Nascimento, escritora e co-fundadora do Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (Ipeafro). Elisa foi responsável pela doação da obra de Abdias ao MASP no contexto da exposição Histórias afro-atlânticas. Ela coordena o tratamento técnico e a difusão do acervo do artista, sob a guarda do Ipeafro, e escreveu a biografia dele publicada pelo Senado Federal em 2014. No encontro, as duas conversam sobre a obra e a trajetória de Abdias.

Todas as lives serão disponibilizadas no IGTV e no canal do museu no YouTube posteriormente. O MASP tem como parceiros estratégicos o Itaú e a Vivo.

Lembrando que, na quarta, 2/9, ocorre mais um concerto da série Osesp MASP. O evento será transmitido ao vivo pelo canal do MASP no YouTube.

O objetivo do projeto é estabelecer diálogos entre a arte e a música, relacionando similaridades estéticas e históricas de ambas. Por isso, cada apresentação é comentada por um especialista convidado, que faz conexões entre obras do acervo do MASP e as composições musicais.

Às 20h, a programação começa com uma fala de Felipe Martinez, doutor em história da arte pela Unicamp. Ele relaciona a obra “Os semeadores”, 1947, de Diego Rivera, com repertório de Johann Sebastian Bach, Caio Facó, Ángel Villoldo e Franz Schubert.

As composições serão executadas por Emmanuele Baldini, spalla da Osesp, e a Academia da Osesp com Gabriel de Almeida, Guilherme Perez, João Senna, Yohanna Alves, Nathalia Sudario e Claudia Machicado.

Abdias Nascimento 

Okê Oxóssi, 1970 

Acervo MASP

Doação Elisa Larkin Nascimento <br />Foto MASP

Abdias Nascimento Okê Oxóssi, 1970 Acervo MASP Doação Elisa Larkin Nascimento
Foto MASP

MASP em casa

happens
from 01/09/2020
to 06/09/2020

where
MASP
Museu de Arte de São Paulo
Avenida Paulista, 1578 Cerqueira César
São Paulo SP Brasil
Terças, quartas, sextas, sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h (bilheteria aberta até às 17h). Quintas-feiras, das 11h às 20h (bilheteria até às 19h)
(11) 3251 5644
e-mail

source
MASP Comunicação e Marketing
São Paulo

share


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided