Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

entrevista ISSN 2175-6708

sinopses

português
O arquiteto paisagista José Tabacow conta sobre sua formação e as possibilidades abertas ao trabalhar com Burle Marx. Relata ainda sua atuação enquanto professor e as divisões equivocadas entre paisagismo e urbanismo, paisagem natural e urbana.

english
Landscape architect José Tabacow tells about his training and the new possibilities when working with Burle Marx. He also reports his role as a teacher and the mistaken divisions between landscaping and urbanism, natural and urban landscape.

español
El arquitecto paisajista José Tabacow cuenta sobre su formación y las posibilidades abiertas al trabajar con Burle Marx. Divulga sus actividades como maestro y divisiones equivocadas entre el paisajismo y el urbanismo, paisaje natural y urbano.

como citar

PIPPI, Luis Guilherme Aita; GABRIEL, Letícia de Castro; NOGUEIRA, Ana Paula. Relatos em arquitetura paisagística. Entrevista com José Tabacow. Entrevista, São Paulo, ano 19, n. 076.02, Vitruvius, nov. 2018 <http://agitprop.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/19.076/7177>.


O relato aqui apresentado é fruto de uma troca, bastante generosa, que nos foi oferecida por José Tabacow quando da sua vinda, no 2° semestre de 2015, a Santa Maria RS, para participar como palestrante da X Oficina Transdisciplinar do Curso de Arquitetura e Paisagismo da Universidade Federal de Santa Maria – CAU UFSM. A fim de falar sobre seu trabalho e contribuições inspiradoras decorrentes de experiências conceituais, metodológicas e projetuais, e em especial abordando o projeto para o Sapiens Parque em Florianópolis SC, a oportunidade pretendeu subsidiar as propostas de alunos para a seguinte temática: “Projeto de Paisagismo para o Parque Tecnológico”. Após sua palestra, parte da Comissão Organizadora da X Oficina Transdisciplinar teve o privilégio de percorrer junto com Tabacow a Quarta Colônia de Imigração Italiana, região formada por municípios de pequeno porte, como Silveira Martins e São João do Polêsine, próximos à Santa Maria. Tendo como cenário a igreja e os casarões italianos do distrito de Vale Vêneto, Tabacow em uma conversa informal, nos concedeu uma entrevista a qual abordou os seguintes assuntos: carreira profissional e pessoal ao longo de sua trajetória paisagística; experiência com Roberto Burle Marx; envolvimentos culturais nos anos 1960; suas obras paisagísticas; os cursos de Arquitetura e Urbanismo e a abordagem disciplinar do paisagismo; sua visão para com o paisagismo brasileiro no passado, na atualidade e os desafios contemporâneos futuros desta profissão.

nota NE – Esta entrevista foi publicada de forma parcial no Youtube com o título: “Entrevista com José Tacabow – Parte 1” <https://www.youtube.com/watch?v=FbScbcXyxQM&t=32s> e “Entrevista com José Tacabow – Parte 2” <https://www.youtube.com/watch?v=JDQKvj72xM0>.

comentários

jornal


© 2000–2019 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada