Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

drops ISSN 2175-6716

sinopses

português
A Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional – Anpur, na figura de seu presidente Eduardo Nobre, divulga termo de cooperação visando a proteção do livre exercício da cátedra por professores universitários.

como citar

NOBRE, Eduardo. Carta aberta da Anpur. Adesão ao termo de cooperação celebrado entre a Procuradoria Federal de Direitos do Cidadão (PFDC) do Ministério Público Federal (MPF). Drops, São Paulo, ano 19, n. 136.03, Vitruvius, jan. 2019 <http://agitprop.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/19.136/7215>.



Prezados(as) coordenadores(as) dos programas associados e filiados,

Tendo em vista as ondas de reacionarismo, de obscurantismo, de intolerância política e à liberdade de opinião, que deverão se acentuar a partir de agora, e com o intuito de representar e defender o interesse de seus associados e filiados, como reza o inciso IV do artigo 14 do Estatuto de nossa Associação (1), esta diretoria executiva assinou em 21 de dezembro próximo passado Termo de Adesão ao Termo de Cooperação celebrado entre a Procuradoria Federal de Direitos do Cidadão – PFDC do Ministério Público Federal – MPF e várias associações científicas.

O Termo de Cooperação em tela tem por objetivo geral o acompanhamento e enfrentamento de denúncias de violências, assédios e outras formas que configurem ação arbitrária contra membros das entidades científicas (professores, pesquisadores e estudantes), no exercício de suas atividades, visando proteger e dar garantias à liberdade docente, à liberdade de aprender, ensinar, pesquisar, expressar e divulgar o pensamento por meio de artigos, pareceres, relatórios, laudos, aulas, eventos acadêmicos, em conformidade com o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas.

Nesse aspecto, solicitamos ampla divulgação à comunidade acadêmica de todos os programas associados e filiados da Anpur no sentido de que toda e qualquer ação que configure assedio ou violência contra qualquer membro dessa comunidade no exercício ou em decorrência de suas atividades seja imediatamente reportada pelos programas a esta diretoria, que será devidamente encaminhada à PFDC para as devidas providências legais e administrativas.

Como já expressamos em comunicações anteriores, continuamos na nossa luta incansável pela democracia, pelos direitos humanos e pela paz social como valores essenciais da nação e nos colocaremos reiteradamente contra toda e qualquer manifestação de intolerância às liberdades de expressão, de convicção filosófica e política, de atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, direitos assegurados pela Constituição Federal Brasileira.

Desejando muita garra e perseverança para 2019, atenciosamente

notas

NE – o presente texto corresponde ao conteúdo do Ofício Circular nº 01/2019/ANPUR, de07 de janeiro de 2019, assinado na cidade de São Paulo por Eduardo Alberto Cusce Nobre, presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional – Anpur, e divulgado publicamente no website oficial da entidade.

1
“Artigo 14 – Compete à Diretoria Executiva: [...] IV. Representar e defender os interesses de seus filiados ou associados”. Estatuto da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional – Anpur <http://anpur.org.br/institucional/estatuto>.

sobre o autor

Eduardo Alberto Cusce Nobre, presidente da Anpur, é graduado, doutor e livre-docente (FAU USP, 1989, 2000 e 2018), mestre em desenho urbano (Oxford Brookes University, 1994), pós-doutor em Planejamento Urbano e Regional (IPPUR/UFRJ)(2016), professor associado da FAU USP.

 

comentários

136.03 ensino e pesquisa
sinopses
como citar

idiomas

original: português

compartilhe

136

136.01 iconografia

Nossa Senhora veste azul, Dante Alighieri veste rosa

A arbitrariedade cultural no uso das cores

Ethel Leon

136.02 ideologia

Assim é se lhe parece

Sobre a agressividade que marca o início do novo governo

Luiz Fernando Janot

136.04 alegoria política

O jogo começou?

Quatro estrelas vão brilhar no time do capitão

Carlos A. Ferreira Martins

136.05

Alteração de projeto arquitetônico

Um julgamento recente do Tribunal de Justiça

José Roberto Fernandes Castilho

136.06 crônica

A viagem no tempo

Milton Hatoum

136.07 história

Campos de concentração no Nordeste brasileiro 1915/1932

Laura Belik

136.08 política

Não fui eu!

Daltonismo dos árbitros no uso de cartões nos jogos de futebol

Carlos A. Ferreira Martins

136.09 crise ética

A segunda facada?

Das declarações desastrosas ao desastre ambiental

Carlos A. Ferreira Martins

jornal


© 2000–2019 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada