Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

drops ISSN 2175-6716

drops 117

Trajetória do cinema de animação no BrasilTrajetória do cinema de animação no Brasil
Seminário Arquitetura na AmazôniaSeminário Arquitetura na Amazônia
Mais uma vez, Parangolés...Mais uma vez, Parangolés...
AromasAromas
 
 

Aromas

117.04 percepção

 

Caio Guerra comenta o livro “Trajetória do cinema de animação no Brasil”, de Ana Flávia Marcheti, que traz um século da arte da animação no Brasil e é objeto de patrocínio coletivo no Catarse

 

Cybelle Miranda, Celma Vidal e Ana Klaudia Perdigão comentam seminário onde se encontraram com Fernando Lara, professor da Universidade do Texas, para o estudo da arquitetura produzida na Amazônia no contexto latino-americano

 

Os “Parangolés” perpassaram diferentes momentos da produção de Hélio Oiticica, porém a proposta de vestir-se para modificar o mundo e libertar-se para a criação pode incluir outras passagens do artista, como sua atuação no happening “Mitos Vadios”, 1979

 

Los aromas recuerdan experiencias vividas, momentos importantes, que se alojan en nuestro cerebro de forma mucho más intensa que los recuerdos producidos por la memoria visual. El arquitecto ha de tener en cuenta los perfumes de la arquitectura

jornal


© 2000–2017 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada