Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

newspaper

agenda cultural

Ao mesmo tempo em que Szymborska unia profundidade e virtuosismo expressados em seus poemas, ela mantinha dentro de si uma criança viva e bem humorada, inventando novos gêneros de poesia

Inédito no Brasil, o livro “Riminhas para Crianças Grandes”, da escritora polonesa Wislawa Szymborska, chega às livrarias em dezembro pela Editora Âyiné. Para o lançamento da obra, o presidente da Fundação Szymborska, o escritor polonês Micha? Rusinek, virá ao Brasil entre os dias 4 e 9 de novembro, a convite da Âyiné. Rusinek, que foi secretário particular de Szymborska por 20 anos, vai participar no Rio de Janeiro, no dia 5, do lançamento do livro na Livraria da Travessa de Botafogo. Em Curitiba, no dia 7, ele realiza um bate-papo na Universidade Federal do Paraná (UFPR) junto com Piotr Kilanowski, um dos tradutores da obra.

“Riminhas para Crianças Grandes” reúne poemas e uma coletânea de colagens que revelam o lado bem humorado da polonesa e seu gosto por brincadeiras poéticas – uma faceta da autora que é praticamente desconhecida fora de seu país natal. Ao mesmo tempo em que Szymborska unia profundidade e virtuosismo expressados em seus poemas, ela mantinha dentro de si uma criança viva e bem humorada, inventando novos gêneros de poesia (moscovinas, altruitinhas, melhoríadas, dasvodcas e escutações) e praticando gêneros já consagrados, como os limeriques. O livro é um convite ao leitor para se deixar levar, sorrir e quem sabe até criar suas próprias brincadeiras literárias.

É a primeira vez que um livro com uma seleção de poemas e colagens da autora é publicado fora da Polônia. As brincadeiras de Szymborska envolviam também seus amigos e escritores. Os poetas poloneses Zbigniew Herbert, Ewa Lipska e Czes?aw Mi?osz embarcaram em algumas das criações lúdicas da escritora – de entrega de presentes inusitados à confecção de cartões-postais escritos com violações das regras de ortografa e gramática e cheios de declarações de amor. A obra lúdica da poeta mostra sua capacidade única de falar das agruras da vida com leveza e ironia.

Colagens

Além das riminhas, como a poeta as chamou, o livro contém uma caixa especial com colagens/cartões-postais da escritora. Szymborska era também artista gráfica e estreou no universo dos livros como ilustradora de um manual de inglês e de um livro infantil, para somente depois ser publicada como poeta. Ao longo de 40 anos, a autora criou colagens que eram envidas como presentes para amigos e pessoas próximas.

Szymborska nasceu em Kórnik, na Polônia, em 2 de julho de 1923. Exímia e singular poeta, foi ainda uma cronista notável, exercitando em seus textos uma ironia fina e um apurado senso de humor. Em 1996, aos 73 anos, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, que a fez conhecida e admirada em todo o mundo. Faleceu em Cracóvia, aos 89 anos. Com “Riminhas para crianças grandes”, a Âyiné dá início à publicação das obras da polonesa no Brasil. Está nos planos da editora o lançamento de outros três livros da autora.

Programação

Lançamento Rio de Janeiro

Local: Livraria da Travessa de Botafogo, Rio de Janeiro

Dia: 5 de dezembro

Entrada: gratuita

Participação: Michal Rusinek, presidente da Fundação Szymborska

Bate-papo Curitiba

Local: Universidade Federal do Paraná

Dia: 7 de dezembro

Entrada: gratuita

Participação: Michal Rusinek, presidente da Fundação Szymborska, e Piotr Kilanowski, um dos tradutores da obra

Informações sobre o livro

Livro: Riminhas para Crianças Grandes
Autor: Wislawa Szymborska
Tradução: Piotr Kilanowski e Eneida Favre
Capa: Julia Geiser
Preço: R$ 89,90

Sobre a Editora Âyiné

A Âyiné foi fundada em 2013, em Veneza, por dois italianos e pelo brasileiro Pedro Fonseca, que atua como diretor editorial. Começou com a publicação de uma revista homônima dedicada ao mundo islâmico e depois expandiu ao lançar diversos livros, dando destaque para autores da Europa Central. Com o intuito de inovar o mercado editorial no Brasil, a Âyiné prioriza escritores que estão fora do radar das grandes editoras.

A Âyiné trabalha com a ideia de coleções perenes. Atualmente, a editora tem quatro: Pre-Textos, Biblioteca Antagonista, Das Andere e Aut-aut. A primeira tem como destaque o escritor e filósofo italiano Massimo Cacciari. São cinco livros publicados trazendo ensaios e reflexões filosóficas e estéticas. Por sua vez, a Biblioteca Antagonista tem caráter filosófico, dialogando ainda com a estética e a política. Integram a coleção autores como Simone Weil, Roger Scruton, V.S Naipaul, Emil Cioran, Gertrud Stein e Marcel Proust.

A coleção Das Andere é dedicada à literatura e possui sete títulos, incluindo Alberto Manguel, Tomas Tranströmer, Paul Valéry e Joseph Brodsky. Por último, a Aut-aut reúne livros de pensadores de esquerda, como “Melancolia de Esquerda”, de Enzo Traverso, e “Psicopolítica: O neoliberalismo e as novas técnicas de poder”, do escritor sul-coreano Byung-Chul Han (Seul, 1959).

<br />Imagem divulgação


Imagem divulgação

Livro inédito de Wislawa Szymborska reúne poesias e colagens

happens
from 05/12/2018
to 07/12/2018

where

Livraria da Travessa Botafogo
Rua Voluntários da Pátria 97
Botafogo, Rio de Janeiro RJ

source
Editora Âyiné
Veneza

share


© 2000–2018 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided